“Califórnia”, de Marina Person, reconstrói as agruras da geração anos 80

Por Matheus Pichonelli

O Canal Brasil  disponibiliza, em seu site, um acervo gratuito de filmes nacionais. Um deles é “Califórnia”, de Marina Person, com Clara Gallo, Caio Blat Paulo Miklos.

O filme conta a história de Estela, uma adolescente que tem como referência seu tio Carlos, um jornalista que vive nos EUA, onde a garota sonha em visitá-lo. Mas crescer é redirecionar os sonhos, e o amadurecimento da protagonista é o rito de passagem de uma geração que nos anos 1980, além dos conflitos comuns da idade, como a sexualidade, o medo e a redescoberta do corpo, testemunhou a globalização das referências culturais, sobretudo musicais, e também a explosão da Aids.

Falamos mais sobre o filme, a nossa dica do que ver hoje, nesta crônica para a CartaCapital.

 

 

Uma opinião sobre ““Califórnia”, de Marina Person, reconstrói as agruras da geração anos 80”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *